25/08/2010

Insônia Insone Infame

Se vc também sofre desse mal,  é provável que se identifique comigo.  Tenho a sorte de não precisar acordar tão cedo,  mas o infortúnio de sempre que deito para dormir, ser atingida por um turbilhão de informações que invadem minha cabeça... [não necessariamente coisas úteis].

O pior de ser insone é ter alguém dormindo com vc que é “deita e dorme”, ai fica vc lá querendo conversar, contar detalhes do seu dia [não necessariamente coisas úteis] ou falar sobre o dia seguinte, não sei, qualquer coisa! É o que acontece toda noite comigo. Até que em uma noite, provavelmente irritante, o Pedro me aconselhou a contar carneirinhos.... ria, porque foi o que eu fiz. Pensei:

Imagina, já sou gente grande [termo usado por quem não é], e tenho que me submeter a contar carneirinhos?! Vou contar 1000 desses tais carneiros, brancos, fofos, pulando uma cerca de madeira velha, pra fugir sei lá de quem e sabe-se lá para onde...  enfim...  posso tentar, vamos lá... um carneirinho, dois carneirinhos...

Porra, eu ainda estou no segundo e tem mais 998 malditos carneirinhos, mas porque diabos eu fui começar isso, olhando para o teto, tentando me concentrar...  treze carneirinhos e a respiração do Pedro já era profunda... lembrei de um comercial da Bauducco que tinha um carneiro que virava travesseiro e que quarta servem carneiro no restaurante próximo do meu trabalho, pensei na diferença entre o carneiro e a ovelha e dos meninos que eu conheço com esse apelido. Vinte e quatro carneirinhos e ainda faltam 976...

2 comentários:

Alessandra Rossi disse...

A cidade grande faz isso com as pessoas, porque quando você era uma menina do campo, dormia como um anjo. Lembro dessa época dourada. Não?

Mariana Cristal disse...

ahahahaha interior, saudoso interior, me tirou vc, oh, Alessandra, menina rica